.posts recentes

. Amor incondicional

. Mel c- First Day Of My Li...

. Descartavéis

. Espirito Natalicio

. Limites

. Um dia...

. Silêncio

. Perdida...

. Maria do Rosário Pedreira...

. Orvalho da Alma

.arquivos

. Setembro 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

Quarta-feira, 1 de Junho de 2005

Diferenças de gerações...

Bem já ando à um tempo para editar este artigo,mas não tenho andado muito inspirada.
Mas lembrei-me de pegar neste assunto,embora seja um pouco complexo.

Um dia destes entrei no msn (salvo seja), da minha mokinhas,ou seja da minha sobrinha,que tem para aí uns dez anos a menos que eu (e mais uns trocos...lol,eu sei quantos,mas claro que não digo!),e deparei-me com uma bela foto.
Comentei com ela que achava super querida a foto,pois estava ela a dar um granda beijo na boca da mãe dela,o que achei ternurento.
E não é que levo por resposta que não era a mãe dela, mas sim a melhor amiga...cof cof cof...
Fiquei estarrecida,pois sei ke a miuda é doida(saudável), mas não sabia que era tanto.´
Mas evidentemente que não lhe disse nada do que pensei e fiquei-me por um simples "ahhh ok"
Mas depois pensei:
"E depois,qual o problema?"
Afinal nós na idade dela tinhamos a mesma capacidade de chocar as gerações mais velhas com actos que para nós eram igualmente simples.
Sim amiguinhos simples!Afinal qual é o problema de dar um beijo na boca de uma amiga?Nenhum,desde que não se banalize o acto!
Afinal quando a amizade é solida,não vejo mal nenhum em demostrar o nosso carinho,assim como demostramos a um namorado,marido,pai ou mãe.

Só para dar o exemplo,embora eu nunca fosse muito atrevida na idade que o deveria ter sido,mas lembro-me de o pai dela,ou seja meu irmão,que é mais velho do que eu precisamente dez anos(aqui não há trocos para ninguem) ficar chocado e quase me pregar um estalo,porque na festinha lá da terra eu ir dançar com um amigo,só porque já eu ja estava junta.Cena essa que o meu marido não deu a minima importancia visto detestar dançar,e achar que eu não me tinha que privar em prol dele.

Por isso,acho que nós trintões/nas, de vez em quando temos que rebobinar o filme da nossa vida, para podermos compreender a malta mais nova,pois já nos fomos jovens.Em tempos fomos nós a ter o prazer de chocar os mais velhos.
Já nós em tempos seguimos as atitudes dos nossos idolos.E digo isto porque esta cena da Madona com a Britney acabou por destruir alguns muros de hipocrisia.Pois pior que tudo é não tomar certo tipo de atitudes, mesmo que tendo vontade,apenas pelo simples facto do "parece mal" que sempre me irritou e irrita.
Afinal de contas este tipo de atitudes não faz da pessoa mal educada.Afinal e ao contrario do que se possa pensar,não são este tipo de atitudes que corrompem o caracter nem os valores de boa educação,que na maioria das vezes mascaram apenas a hipocrisia.

E por por vezes ainda me recordar tão bem das minhas atitudes de miuda, desculpo tanto os meus filhos em atitudes que eles tomam.Mas por vezes também se torna demasiado dificil,saber que eles estão errados e não conseguir corrigi-los.
Pois tempos houve em que eu implorava silenciosamente que me deixassem errar,pois fazia parte da vida.Por mais que eu até soubesse que estava a errar,já passava mais por levar a minha a avante.E silenciosamente queria dizer a quem me tentava oprimir que os erros deles não tinham que forçosamente ser os meus.
Por isso mesmo por vezes fico no impasse entre chocar-me principalmente com o meu filho mais velho,porque foi buscar o meu feitio com alguns requintes de refinamento,e fazer valer a minha posição de orientadora e não o deixar errar,ou se o deixo partir-se todo e depois ajudo-o a apanhar os cacos...

Beijokassssssssss

publicado por gpr às 01:18

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds