.posts recentes

. Amor incondicional

. Mel c- First Day Of My Li...

. Descartavéis

. Espirito Natalicio

. Limites

. Um dia...

. Silêncio

. Perdida...

. Maria do Rosário Pedreira...

. Orvalho da Alma

.arquivos

. Setembro 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

Sexta-feira, 10 de Junho de 2005

Meu refúgio

Meu refúgio
sinto falta de ti
Porém não tenho força
para ir ao teu encontro
Assim como ao encontro
do meu próprio equilibrio
Prefiro mergulhar no sono profundo
Do que mergulhar na busca
Da minha própria harmonia
Até porque não entendo
o porquê desta angustia
pois não tem razão de ser
Ao contrário de outras alturas
em que necessitei de ti
Neste momento navego por um mar calmo
Talvez demasiado calmo
Por isso tenho medo
que ao som de tuas ondas
eu desperte do marasmo...
Mas sei que tenho que te procurar
Sentar-me á beira mar
e ouvir o som calmo das ondas
a embaterem no pontão
Mas o medo e as fobias
por seres um local recôndito
levam-me a ter receio
Pois ao mesmo tempo que necessito de ti
sem vivalma para não me ver chorar
enquanto delineio meus pensamentos
preferiria que o local estivesse mais acompanhado
para não sentir insegurança nem medo
Apenas tenho uma certeza neste momento
é a certeza que necessito de ti
para que a angustia se dissipe em mim.

PR
10/06/2005

publicado por gpr às 02:38

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds